quinta-feira, 2 de abril de 2009

Suécia: Casamento homossexual aprovado

Em vigor no dia 1 de Maio próximo

A Suécia tornou-se esta quarta-feira no sétimo país a legalizar os casamentos homossexuais. A proposta foi aprovada por larga maioria - 261 contra 22 - e só mereceu a oposição dos Democratas Cristãos. A nova lei entra em vigor no dia 1 de Maio próximo. Esta notícia surge um dia depois de uma ONG sueca ter revelado que a discriminação com base na orientação sexual existe em todos os países da União Europeia e de forma muito acentuada.

Dos sete grupos políticos que compõem o parlamento sueco, apenas um - os Democratas Cristãos - se opôs à nova legislação que aprovou o casamento entre pessoas do mesmo sexo: 261 deputados votaram a favor, 22 contra e 16 abstiveram-se. A Suécia junta-se assim à Espanha, África do Sul, Noruega, Holanda, Canadá e Bélgica, no reconhecimento de direitos iguais para homossexuais em relação ao casamento. Também o Connecticut e Massachusetts, dois Estados dos EUA, aprovaram recentemente legislação similar.

Martin Valfridsson, porta-voz do Ministério da Justiça da Suécia, adiantou que a nova legislação visa 'acabar com a importância do sexo de quem quiser contrair matrimónio, tornando os géneros dos cônjuges neutros', bem como 'permitir que os casais homossexuais, que já viviam em uniões de facto, passem a ser vistos como casados e a terem os mesmos direitos' de qualquer casal.

Uma sondagem recente revelou que 71% dos suecos concordam com a nova lei. A presidente da Federação de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Trangenders da Suécia sublinhou que se trata de 'uma grande vitória'.

Suécia: Casamento homossexual aprovado

1 comentário:

Adoa disse...

Um dia nem haverá razäo para falarmos de igualdade... vai ser täo generalizado o conceito que vai perder o interesse!

Mas os democratas - que de democracia näo devem perceber nada - e cristäos - que de cristäos também näo devem ter nada... Esses sim, väo continuar a dar que falar... pelo menos até perceberem o significado destas duas "palavrinhas"...